1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Oposição irá cobrar de Dilma explicação sobre Petrobras

FÁBIO FABRINI - Agência Estado

30 Abril 2014 | 17h 17

Líderes da oposição na Câmara querem que a presidente Dilma Rousseff indique quem é o responsável por "erros" na Petrobras. PSDB, PPS, DEM e Solidariedade vão enviar ofício ao gabinete de Dilma para que ela explique a quem se referiu quando disse que a estatal não pode pagar por "erros de funcionários".

A decisão foi tomada nesta quarta-feira, após os deputados questionarem - sem sucesso - a presidente da Petrobras, Graça Foster, a respeito desse tema em audiência na Câmara. Além de indicar um eventual responsável, os deputados querem que Dilma informe quais providências tomou, à época, sobre os eventuais e as medidas que está tomando agora. "Se não fez nada, a presidente prevaricou", afirma o líder tucano na Câmara, Antonio Imbassahy (PSDB-BA). O ofício deve ser remetido ao Planalto na próxima terça-feira (6).

Na noite de anteontem, em entrevista a jornalistas esportivos de jornais e emissoras de TV, no Palácio da Alvorada, a presidente afirmou que "não perde o sono" por causa da crise da Petrobras. E ressaltou que a estatal não pode pagar por erros de funcionários, sem citar nomes.

"Não perco o sono. Eu leio os jornais. E vejo neles que problemas de correntes de erros de funcionários acontecem em empresas privadas também. É injusto manchar dessa maneira a imagem da empresa que mais investe no Brasil. Tenho certeza de que em 30 anos a Petrobras vai ser a maior empresa do mundo no negócio do petróleo", disse Dilma, conforme matéria publicada na edição de hoje do jornal O Estado de S. Paulo.