Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Oficial de Justiça espera Renan no Senado, mas parlamentar está em casa

Ontem, Calheiros se recusou a ser notificado e informou que estaria em seu gabinete às 11 horas de hoje para a formalidade

Julia Lindner, Isabela Bonfim e Beatriz Bulla, O Estado de S.Paulo

06 Dezembro 2016 | 11h54

BRASÍLIA - Um oficial de Justiça se encontra desde antes de 11 horas desta terça-feira, 6, no Senado para notificar o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) de seu afastamento da presidência da Casa. Ontem, Calheiros se recusou a ser notificado e informou que estaria em seu gabinete às 11 horas de hoje para a formalidade.

No entanto, nesse mesmo horário, ele se encontrava na residência oficial com o novo presidente da Casa, Jorge Viana (PT-AC), o ex-presidente José Sarney e com a senadora Katia Abreu (PMDB-TO).

Recurso. Os advogados do Senado recorreram hoje no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, que afastou o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência da Casa. Na peça, o Senado argumenta que a decisão do ministro do STF fere princípios constitucionais, entre eles o da separação entre os poderes.

 

Mais conteúdo sobre:
Renan Calheiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.