1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Novo valor do Bolsa Família beneficiará 50 milhões de pessoas

Tânia Monteiro e Tiago Décimo, da Agência Estado

01 Março 2011 | 15h 52

Ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, deu exempo do benefício: uma família de 2 filhos que hoje ganha R$ 112 vai passar a receber R$ 134.

IRECÊ, BAHIA - A ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, informou nesta terça, em entrevista após cerimônia em Irecê (BA), que os novos valores dos benefícios do Bolsa Família vão beneficiar 50 milhões de pessoas. A título de exemplo, citou que uma família de 2 filhos que hoje ganha R$ 112 vai passar a receber R$ 134.

 

Veja também:

 link Governo não faz política com o Bolsa em época de eleição, diz presidente

 link Com impacto de R$ 2,1 bi, Dilma reajusta Bolsa Família  

 blog Dilma vai ao programa de Ana Maria Braga

 

Segundo a ministra, essa diferença de R$ 22 é suficiente para comprar o arroz e feijão que essa família consome. Para Tereza, não há nenhum contrassenso o governo dar um reajuste de 19,4% para o Bolsa Família e de 6,86% para o salário mínimo. "Não são coisas que se comparam. O salário mínimo é uma política de Estado, que organiza a agenda de economia. Bolsa Família é transferência de renda", justificou.

 

Durante a cerimônia, o governador da Bahia, Jaques Wagner, ao elogiar a presidente Dilma Rousseff disse que "nós vamos ter quatro e oito anos de governo da melhor qualidade". E em seguida brincou que não estava lançando a reeleição da presidente, e que era capaz até de receber uma bronca de Dilma por conta disso.