Novo relator deve ser definido na quarta, admite Sibá

Reunião do bloco de Renan termina sem definição de substituto de Cafeteira

Agencia Estado

21 Junho 2007 | 12h53

A reunião do bloco de apoio ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), terminou nesta terça-feira, 19, sem que o presidente do Conselho de Ética, Sibá Machado (PT-AC) conseguisse escolher um novo relator para o processo que apura a suposta quebra de decoro do presidente da Casa. Segundo um dos participantes da reunião, o senador Renato Casagrande (PSB-ES), Sibá admitiu que poderá deixar para quarta-feira, dia da sessão de votação do relatório , para escolher o relator que substituirá Epitácio Cafeteira (PTB-MA) no posto. Cafeteria pediu licença do cargo na segunda, alegando problemas de saúde. Durante a reunião do bloco de apoio, nesta tarde, segundo Casagrande, os senadores avaliaram que é preciso, primeiro, que os integrantes do Conselho tenham em mãos o laudo da perícia feita pela Polícia Federal sobre a autenticidade dos documentos apresentados por Renan em sua defesa. Só a partir daí será possível avaliar se a sessão de amanhã não terá de ser novamente adiada. Casagrande admitiu que a escolha do relator substituto a Cafeteira não está sendo fácil, pois o futuro relator terá de encampar um relatório já pronto. "O novo relator vai assumir uma obra pronta. Se fosse solução fácil todo mundo estava querendo ser e eu não estou vendo ninguém se articular para isso", comentou Casagrande. A Agência Estado apurou que pelo menos três senadores ligados a Renan foram convidados para o posto e declinaram o convite.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.