Novais culpa assessoria por pedido de reembolso

O deputado Pedro Novais (PMDB-MA), confirmado à frente do Ministério do Turismo no governo da presidente eleita, Dilma Rousseff, admitiu novamente que apresentou nota fiscal de despesa paga em motel de São Luís (MA) à Câmara dos Deputados para ser ressarcido do valor. Ontem à noite, por meio de nota, o deputado já havia confirmado ao jornal O Estado de S. Paulo ter pedido reembolso à Câmara pelo pagamento ao motel. Nesta tarde, em mais uma nota, ele argumenta que a apresentação da nota fiscal foi indevida e que o "erro está sendo prontamente corrigido". "A nota fiscal foi indevidamente apresentada ao departamento próprio da Câmara para ressarcimento, por erro de minha assessoria", diz o texto.

AE, Agência Estado

22 Dezembro 2010 | 17h17

Novais é alvo de denúncia publicada hoje pelo jornal O Estado de S. Paulo de que teria utilizado R$ 2.156,00 da verba indenizatória para pagar despesa de motel em São Luís (MA). O pedido de reembolso foi feito na prestação de contas de junho da verba indenizatória, dinheiro que deve ser gasto com despesas relativas "ao exercício da atividade parlamentar".

Mais conteúdo sobre:
ministério Turismo motel Pedro Novais PMDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.