1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Nogueira: 'Padilha foi incapaz de mostrar um só projeto'

CARLA ARAÚJO - Agência Estado

21 Maio 2014 | 17h 37

O presidente estadual do PSDB, deputado federal Duarte Nogueira, rebateu as afirmações do pré-candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, que mais cedo afirmou que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) é rápido em copiar as propostas do PT. "É lamentável que o ex-ministro Alexandre Padilha tenha de se apegar a projetos do governador Geraldo Alckmin para demonstrar que tem alguma proposta para São Paulo. Em quase cinco meses de campanha, Padilha foi incapaz de apresentar aos paulistas um só projeto", afirmou o tucano.

Segundo Duarte Nogueira, a atitude do ex-ministro "segue à risca a cartilha petista". "O ataque e a mentira somados à pouquíssima capacidade administrativa e de inovação de seus correligionários são um desserviço para qualificar o debate", completou.

Nesta quarta-feira, 21, em evento na capital paulista, Padilha voltou a culpar a falta de ação do governo no caso da questão hídrica e disse que Alckmin tem apenas responsabilizado a falta de chuvas. "São Paulo não pode depender de São Pedro", afirmou o petista.

Para Nogueira, ao fazer críticas à gestão hídrica de São Paulo, o candidato deveria explicar quais medidas foram tomadas pelo governo federal para impedir que os rios que abastecem as usinas hidrelétricas secassem por conta da mesma estiagem que atinge o Sistema Cantareira. "Ou por qual razão as termoelétricas têm trabalhado a todo o vapor, tornando a conta de luz mais cara para empresas e consumidores?", questionou o tucano.

Padilha citou o anúncio do programa para compartilhamento das imagens de segurança privada com a polícia, feito por Alckmin esta semana, como um dos exemplos de "cópia de ideias do PT". "No começo do ano, eu disse que São Paulo precisava aproveitar as câmeras de segurança privada, que são um milhão, eu disse isso, e aí ele fez mais um ato de copiar uma proposta que nós fizemos", afirmou.

Nogueira disse que o PSDB não vê qualquer problema em utilizar uma proposta de outro partido se a medida for eficaz para melhorar a vida das pessoas que vivem em São Paulo. "Infelizmente para todos nós, brasileiros, o governo do PT se caracteriza por uma gestão sem marcas ou exemplos (bons) e não há na administração de Padilha na Saúde uma só iniciativa passível de ser copiada", afirmou.

O tucano disse ainda que Padilha "tenta aparecer, mesmo que falando coisas sem sentido". Segundo ele, essa atitude do petista "é resultado direto da sua pouco visível passagem pelo Ministério da Saúde".

Eleições 2014