1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

No Recife, Aécio fala em ‘projeto de Brasil’ ao lado de Campos

Ângela Lacerda - O Estado de S. Paulo

21 Fevereiro 2014 | 13h 20

Senador tucano faz visita e almoça com governador de Pernambuco; presidenciáveis defendem ‘novo ciclo político’ no País

Recife - (atualizado às 22h54) Os presidenciáveis Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB) se reuniram nesta sexta-feira, 21, no Recife e afinaram o discurso de oposição ao governo Dilma Rousseff. Após um almoço de quase três horas na residência do governador pernambucano, eles defenderam o início de um novo ciclo político no País. Campos e Aécio disseram que estão seguros de que a população quer mudança.

O tucano chegou a sugerir uma futura gestão conjunta com o pernambucano: "Eu, do meu ponto de vista pessoal, gostaria muito de um dia poder construir um novo projeto de Brasil ao lado do governador Eduardo Campos", disse Aécio. Segundo ele, nas eleições deste ano, PSDB e PSB estarão juntos em pelo menos oito Estados.

O senador mineiro repetiu que acredita ter "chance real" de ir para o segundo turno. O governador e presidente nacional do PSB, por sua vez, não faz apostas, mas leva em conta até a hipótese de disputar a etapa final da eleição contra Aécio.

Pela manhã, durante um encontro com correligionários em um hotel na zona sul da capital pernambucana, o tucano destacou que ele e Campos tinham em comum "o sentimento de que o governo do PT faz muito mal ao Brasil". "Quanto mais conversamos maior convergência encontramos com a preocupação com o futuro do Brasil", disse.

"Acho que estamos vivendo um momento fundamental, o debate sobre o futuro do Brasil", afirmou Campos ao ser indagado se concordava com a declaração de Aécio.

Para o governador de Pernambuco, a conquista "da estabilidade econômica e da inclusão de milhares de brasileiros" está sendo colocada em risco. "O que exige um debate sereno e plural, que indique caminhos de um novo ciclo político."

Ex-ministro do governo Luiz Inácio Lula da Silva, Campos rompeu com o governo em setembro do ano passado. Para liberar o governador a dar seguimento ao seu projeto presidencial, o PSB entregou os cargos que mantinha na gestão Dilma.

‘Pessoal’. Aécio classificou o encontro como pessoal. Ele disse que foi visitar a "amiga" Renata Campos e conhecer o quinto filho do casal, Miguel, que nasceu em janeiro. O senador estava acompanhado da mulher, Letícia Weber, que está no início de uma gravidez.

"Minha conversa com Eduardo não é em razão da eleição, é uma conversa permanente que se iniciou há mais de 20 anos e não há por que ser interrompida agora, pelo contrário", afirmou o tucano.

Netos de Tancredo Neves e Miguel Arraes, respectivamente, Aécio e Campos possuem relação desde o processo de redemocratização do País.

Participaram do almoço o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PE) e o ex-ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho, que vai disputar o Senado pelo PSB pernambucano. No encontro com os correligionários, Aécio considerou "preocupantes" todos os indicadores econômicos do País.

Mesmo avaliando como positivos os baixos índices de desemprego, ele fez uma ressalva: "Não podemos perder de vista que o Brasil está se transformando no país do pleno emprego de dois salários mínimos".

Presidente nacional do PSDB, Aécio cumpriu uma última agenda, à tarde, no Recife, antes de seguir para Maceió: prestigiou encontro do Solidariedade, que contou com a presença do presidente nacional da sigla, Paulinho da Força.

 

Eleições 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo