1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Mensalao

'Não fui para a Europa com o dinheiro público', diz filha de Genoino

Valmar Hupsel Filho - O Estado de S. Paulo

17 Janeiro 2014 | 18h 45

Miruna Kayano alfineta o presidente do STF, Joaquim Barbosa, ao reagir à informação de que sua família alugou uma casa para que o ex-deputado cumpra pena domiciliar

São Paulo -  A filha de José Genoino, Miruna Kayano Genoino, justificou em texto publicado nesta sexta-feira, 17, o aluguel de uma casa em bairro de classe média alta de Brasília para cumprimento de prisão domiciliar do ex-deputado, condenado no processo do mensalão. Ela aproveitou para criticar o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, por ter recebido diárias em viagem à Europa durante suas férias.

"Não fui para a Europa com o dinheiro público, como o presidente do STF", escreveu a filha de Genoino. Nesta semana, o Estado revelou que Barbosa vai receber 11 diárias, no valor total de R$ 14.142,60, durante suas férias, para proferir duas palestras - uma em Paris (França) e outra em Londres (Inglaterra). Em nota, o STF informou que o presidente da Corte interrompeu as férias entre os dias 22 e 30 de janeiro "para atender a convites que lhe foram formulados há vários meses pela Universidade de Paris-Sorbonne, pelo presidente do Conselho Constitucional da França e pelo King's College, de Londres".

Sobre a notícia, também publicada em primeira mão pelo Estado, de que a família de Genoino alugou por R$4 mil mensais uma casa de 450 m² em área de classe média alta de Brasília, Miruna escreveu: "Sim, alugamos uma casa em Brasília. Por quê? Porque meu pai está em prisão domiciliar fora de seu domicílio."

"Esse aluguel está sendo pago com muito sacrifício", completou. No texto, Miruna afirma que ela, o marido e seus dois filhos se mudaram para a casa dos pais dela "para podermos ajustar nossa vida financeira graças a essa injustiça que está acontecendo". Genoino e a família ocupam o imóvel na capital federal há três semanas.

Segundo a filha de Genoino, "o escândalo que a mídia quer criar é estarmos pagando para meu pai cumprir prisão domiciliar fora de seu domicílio". Em dezembro, Joaquim Barbosa negou o pedido de transferência de Genoino para São Paulo, local de residência de sua família.

Confira a íntegra do texto:

"Sim, alugamos uma casa em Brasília. Por quê? Porque meu pai está em prisão domiciliar FORA DE SEU DOMICÍLIO. Esse aluguel está sendo pago com muito sacrifício, entre eles, eu, meu marido e dois filhos nos mudarmos para a casa dos meus pais para podermos ajustar nossa vida financeira graças a essa injustiça que está acontecendo. Agora, eu não fui para a Europa com o dinheiro público, como o presidente do STF. Não. E ainda assim, o escândalo que a mídia quer criar é ESTARMOS PAGANDO PARA MEU PAI CUMPRIR PRISÃO DOMICILIAR FORA DE SEU DOMICÍLIO. Francamente…"

 

Mensalao