IARA MORSELLI - Estadão
IARA MORSELLI - Estadão

Modesto Carvalhosa reafirma intenção de lançar candidatura independente à Presidência

Jurista não é filiado a nenhum partido e diz que só seria candidato se for por candidatura avulsa; possibilidade será julgada no STF no começo de outubro

Leonardo Augusto, ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

25 Setembro 2017 | 21h31

BELO HORIZONTE - O advogado Modesto Carvalhosa, 85, afirmou nesta segunda-feira, 25, que pretende se candidatar "de forma independente" à Presidência da República nas eleições do ano que vem.

Em maio, um grupo de juristas e colegas de profissão lançaram o nome do Carvalhosa à Presidência da República. À época, no entanto, ao menos inicialmente, o propósito era substituir o presidente Michel Temer (PMDB), ameaçado de impeachment, em uma eventual eleição indireta no Congresso.

Hoje, no entanto, mesmo com a possibilidade mais remota, ao menos na comparação com maio, Carvalhosa mantém sua decisão.

O advogado afirmou que não vai se filiar a nenhum partido. "Tem que ser uma candidatura independente. Não estou a serviço de legendas", disse. Carvalhosa participou na capital mineira de seminário de empresários.

Da forma como quer, independente, a candidatura de Carvalhosa depende de definição do Supremo Tribunal Federal (STF). No início desse mês, o ministro Luís Roberto Barroso liberou para julgamento ação que discute a possibilidade de pessoas sem filiação a partidos políticos concorrerem em eleições. Nesta segunda-feira, 25, o julgamento foi marcado para 4 de outubro.

"Tem que acabar com esses partidos tradicionais, ter eleições livres, com candidatos filiados ou não." Segundo o advogado, sua decisão de se candidatar partiu da "indignação de toda a população brasileira à casta política".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.