André Dusek|Estadão
André Dusek|Estadão

Ministro de Temer se alia a Renan Calheiros em Alagoas

Maurício Quintella, dos Transportes, fechou aliança para disputar uma cadeira no Senado na chapa do governador Renan Filho

Igor Gadelha, Brasília

22 Março 2018 | 11h45

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella (PR-AL), fechou aliança com o senador Renan Calheiros (MDB), que faz oposição ao presidente Michel Temer, para disputarem juntos as eleições deste ano em Alagoas. Até então adversários políticos, os dois devem ser candidatos as duas vagas ao Senado na chapa do governador Renan Filho (MDB), que tentará reeleição.

O ministro decidiu se aliar aos emedebistas após o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), um de seus principais aliados, desistir de disputar o governo do Estado, o que o deixou sem chapa. "O Rui desistiu e não há nenhuma outra candidatura da oposição, não tem plano B. Sempre mantive boa relação com o governador, tanto do lado pessoal quanto no governo", disse Quintella ao Broadcast Político.

++ Temer ainda terá de trocar 13 ministros em até 3 meses

O ministro dos Transportes já indicou, inclusive, o novo secretário de Infraestrutura do governo de Alagoas. O cargo será ocupado por Fernando Fortes Melro, que ocupa hoje o posto secretário-executivo no Ministério dos Transportes. "No Ministério, sempre tivemos boa relação, estabelecemos vários convênios com governo estadual", afirmou Quintella, que deixará o cargo em 29 de março.

A aliança entre Renan e Quintella atrapalha os planos do ministro do Turismo, Marx Beltrão (MDB), de ser candidato a senador na chapa com o clã Calheiros. Beltrão já tinha, inclusive, decidido se filiar ao PSD para viabilizar a aliança na chapa com o atual governador alagoano. O ministro do Turismo deve agora se aliar ao senador Benedito de Lira (PP-AL), que tentará reeleição em chapa opositora a de Renan. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.