1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Meirelles autoriza PSD a avaliar sua candidatura em SP

Bernardo Caram e Erich Decat - Agência Estado

25 Junho 2014 | 10h 50

Nome de ex-presidente do Banco Central é cotado para representar partido na eleição estadual, mas apoio a Alckmin ou a Skaf ainda é avaliado

Brasília - O presidente do Partido Social Democrático (PSD), Gilberto Kassab, afirmou nesta quarta-feira, 25, que o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles autorizou que seu nome seja avaliado pela direção da sigla como possível candidato ao governo do Estado de São Paulo. A decisão foi tomada nesta terça-feira.

"Eu ainda vou trabalhar nos próximos dias com os companheiros que entendem que a candidatura própria é a melhor solução", afirmou Kassab, ao ressaltar que abriria mão da própria candidatura pela de Meirelles.

O ex-prefeito de São Paulo participa nesta quarta-feira da Convenção Nacional do PSD, que deve selar apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff. Em 2010, Kassab apoiou a candidatura do tucano José Serra. "Vamos aguardar, mas nós fizemos na executiva do partido uma consulta e por ampla maioria houve uma definição em favor do apoio à presidente Dilma", afirmou.

A convenção estadual da legenda, que terá as definições finais, está marcada para a próxima segunda-feira. Três correntes estarão no debate. Uma busca o apoio ao tucano Geraldo Alckmin, outra prega aliança com o PMDB, na candidatura de Paulo Skaf, e a terceira defende um candidato próprio.