Médico diz que Alencar não recebe mais transfusões

Alencar, que tem 79 anos, luta contra um câncer na região do abdome há mais de 13 anos

Fernanda Yoneya, da Agência Estado,

26 Dezembro 2010 | 17h33

O médico Raul Cutait, da equipe que trata da saúde do vice-presidente da República, José Alencar, confirmou hoje que Alencar está bem e não recebe mais transfusões de sangue. "O vice-presidente está bem, tranquilo, alimentando-se bem e não está mais recebendo transfusões de sangue", disse Cutait, ao passar rapidamente no hall do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde os jornalistas acompanham as informações sobre o estado de saúde de Alencar.

Pela manhã de hoje, o vice-presidente recebeu a visita do ministro da Fazenda, Guido Mantega, e não perdeu a oportunidade de reclamar dos juros altos do País, queixa que se tornou uma marca pessoal dele ao longo dos oito anos do governo Lula.

Mantega demonstrou gratidão pelos elogios feitos por Alencar quando seu nome foi confirmado pela presidente eleita, Dilma Rousseff, para permanecer à frente do Ministério da Fazenda no novo governo. E disse que, pelo que observou da disposição de Alencar e pela conversa com o filho do vice-presidente, Josué Gomes, acredita ser possível seu comparecimento na cerimônia de posse de Dilma, no dia 1º de janeiro.

 

Essa possibilidade, no entanto, ainda não foi confirmada pela equipe médica que trata do vice-presidente, internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sírio-Libanês desde a última quarta-feira, 22. Alencar, que tem 79 anos, luta contra um câncer na região do abdome há mais de 13 anos e na quarta-feira passou pela 17ª cirurgia.

Mais conteúdo sobre:
saúde José Alencar transfusões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.