1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Matarazzo responde a Covas Neto: 'Não tolero deslealdade'

- Atualizado: 20 Março 2016 | 15h 04

Vereador Andrea Matarazzo (sem partido) rebateu as declarações do vereador Mário Covas Neto, presidente do PSDB paulistano

Andrea Matarazzo e João Doria Jr
Andrea Matarazzo e João Doria Jr

São Paulo - O vereador Andrea Matarazzo (sem partido) rebateu as declarações do vereador Mário Covas Neto, presidente do PSDB paulistano, que afirmou, na manhã deste domingo, que o colega "talvez tenha dificuldade de aceitar a derrota". Na sexta-feira, Matarazzo desistiu de disputar o segundo turno das prévias do partido que definirão o candidato tucano na capital e anunciou sua saída do PSDB.

Com isso, o empresário João Doria passou a ser o único postulante e terá seu nome oficializado na noite de hoje. "Derrotas acontecem, nenhum problema. Só não tolero desonestidade, compra de votos, transporte de eleitores e uso da máquina pública. Não tolero também deslealdade", disse Matarazzo ao Estadão.

Aliados de Matarazzo, o ex-governador Alberto Goldman e o ex-deputado José Aníbal, presidente do Instituto Teotônio Vilela, acusam Doria de compra de votos e abuso do poder econômico e pediram a impugnação dele das prévias. O caso está tramitando no diretório municipal do partido, que é presidido por Mario Covas Neto.

Depois de votar nas prévias na manhã deste domingo, o dirigente ironizou a decisão do vereador Andrea Matarazzo de se desfiliar do PSDB e abandonar as prévias. "Há dois anos, na disputa pelo diretório municipal, o Andrea também desistiu quando percebeu que perderia. Talvez ele tenha dificuldade em aceitar uma derrota. Não tinha por que sair do partido. Não me conformo que a decisão dele tenha sido essa", afirmou o vereador tucano.

O segundo turno das prévias tucanas ocorrem neste domingo, 20. João Doria contou com o apoio do governador Geraldo Alckmin no processo. Segundo Covas Neto, o julgamento do pedido de impugnação feito contra Doria perdeu força com a saída de Matarazzo. O resultado oficial das prévias será divulgado hoje às 19h. A apuração será na Câmara Municipal. (Pedro Venceslau)

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em PolíticaX