Maia diz ter maioria da bancada para eleição na Câmara

O deputado Marco Maia (PT-RS), vice-presidente da Câmara, afirmou hoje que há uma consolidação de uma maioria da bancada petista em favor de sua indicação para a presidência da Casa. Maia disse que tem 51 ou 52 votos a seu favor dentro da bancada de 88 deputados petistas que assumirão no próximo ano e que formam o grupo que fará a escolha do indicado ao cargo.

DENISE MADUEÑO, Agência Estado

14 Dezembro 2010 | 18h47

O deputado Arlindo Chinaglia (SP) formalizou a saída da disputa na reunião da bancada, realizada hoje. O deputado Cândido Vaccarezza (SP) se reuniu no início da noite de hoje com seu grupo contando quantos votos pode conseguir antes de decidir se renunciará à candidatura ou se enfrentará a disputa.

Em meio à discussão, petistas alertam para a necessidade de unir a bancada para evitar o efeito "Severino". Em 2005, por conta de uma briga interna entre dois candidatos - Luiz Eduardo Greenhalgh e Virgílio Guimarães -, o partido perdeu a presidência da Câmara para Severino Cavalcante (PP-PE).

Mais conteúdo sobre:
Câmara presidência bancada PT Marco Maia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.