1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Lula diz que mostra 'transformação' do País no exterior

PORTO ALEGRE E SÃO PAULO - Agência Estado

06 Junho 2014 | 20h 41

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira que é preciso informar ao povo brasileiro e também para empresários no exterior "a transformação" que o governo petista realizou no Brasil. "Comecei a fazer algumas viagens internacionais para fazer debates com empresários e mostrar o que efetivamente está acontecendo no Brasil", disse.

Segundo Lula, há um processo de "desinformação premeditado" para que as pessoas só fiquem sabendo do que acontece de errado no Brasil. O ex-presidente voltou a criticar a postura da imprensa. "Acho que por conta do tratamento que a imprensa tem dado ao governo Dilma o povo brasileiro não sabe 30% do que o governo da presidenta Dilma está fazendo", afirmou.

Lula voltou a destacar que o governo obviamente gostaria de que a economia estivesse crescendo mais e disse que tem "consciência que tem uma crise global que se assemelha à de 1929". Segundo ele, a crise foi causada pelos países desenvolvidos e eles não souberam como solucioná-la. "Europeus e americanos que sabiam resolver todos os problemas no mundo, como no Brasil e na Bolívia, não souberam (resolver) quando a crise se deu no coração do sistema capitalista", afirmou.

No início de seu discurso, Lula fez uma menção ao ex-governador do Rio Grande do Sul Olívio Dutra e o parabenizou pela decisão de concorrer a uma vaga no Senado pelo PT. "É muito bom a sua volta para disputar um cargo público nesse País. Com todo respeito que tenho aos senadores do Brasil, tua presença lá vai engrandecer a tradição gaúcha", disse. Além de governador e prefeito de Porto Alegre, Dutra foi ministro das Cidades no governo Lula entre 2003 e 2005. A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula participam em Porto Alegre de evento organizado pelo PT gaúcho para lançar a pré-candidatura de Tarso Genro à reeleição ao governo do Estado e do ex-governador Olívio Dutra ao Senado, ao lado dos aliados PC do B e PTB.