1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Líder do PSDB pede explicações de Lobão sobre ingressos

RICARDO BRITO - Agência Estado

01 Abril 2014 | 16h 16

O líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (SP), apresentou nesta terça-feira, 01, um pedido de explicações ao ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, sobre a concessão de ingressos VIP no camarote da Petrobras no GP de Fórmula 1 realizado em novembro passado. O jornal O Estado de S.Paulo revelou na semana passada que a estatal beneficiou o genro da presidente Dilma Rousseff, Rafael Covolo, dois filhos do ministro da Fazenda, Guido Mantega, a irmã, o cunhado e a sobrinha da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, além de parlamentares da base aliada e seus familiares.

Esse tipo de ingresso, segundo a reportagem, é dado originalmente pela Petrobras para "relacionamento com grandes clientes corporativos". A lista, mantida em segredo pela gerência executiva de Comunicação Institucional da estatal, foi obtida por meio da Lei de Acesso à Informação. O requerimento de informações tem de ser aprovado pela Mesa Diretora do Senado.

Para o líder do PSDB, é preciso apurar se a distribuição dos convites feriu os padrões de comportamento estabelecidos pelo Código de Conduta da Administração Federal. "Este caso precisa ser devidamente investigado. Não podemos admitir que servidores públicos possam ter usado dinheiro do contribuinte em benefício próprio", afirmou, em nota.

Aloysio Nunes quer que Lobão diga qual foi o custo de cada convite para a estatal e quais critérios foram adotados para a seleção dos convidados. Na segunda, a Comissão de Ética Pública da Presidência decidiu pedir esclarecimentos a Mantega, Miriam e a ex-ministra de Relações Institucionais Ideli Salvatti sobre a inclusão de parentes na lista VIP para assistir à corrida.