Líder do governo pede adiamento de sessão do Conselho

Jucá argumenta que assim comissão terá tempo de enviar documentos à perícia

Agencia Estado

15 Junho 2007 | 15h13

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB), pediu nesta sexta-feira, 15, o adiamento da sessão de julgamento da representação contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), por ordem de Renan. Jucá fez o pedido com a sessão do Conselho de Ética já em andamento, após receber telefonema do presidente da Casa, argumentando que os documentos poderiam assim serem enviados à perícia e discutidos na próxima terça-feira, 19. O PSOL entrou com representação contra Renan após denúncias de que Renan teria despesas pessoais pagas por construtora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.