1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Kassab faz piadas com políticos em Ribeirão Preto

GUSTAVO PORTO - Agência Estado

15 Março 2014 | 15h 57

Em pouco mais de 15 minutos, o ex-prefeito de São Paulo e provável candidato ao governo do Estado, Gilberto Kassab (PSD), conseguiu brincar com os três principais e possíveis adversários na corrida eleitoral deste ano. Em conversa com jornalistas e políticos - no trajeto entre a Câmara Municipal de Ribeirão Preto (SP) e a casa da prefeita da cidade paulista - Dárcy Vera (PSD), o bem-humorado Kassab alfinetou o governador Geraldo Alckmin (PSDB), o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf e o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha (PT).

Primeiro foi Skaf. Indagado sobre o convite feito pelo presidente da Fiesp para que ele seja o vice ou candidato ao senado na chapa encabeçada pelo PMDB, Kassab confirmou as negociações, mas emendou. "Eu também queria o Skaf como vice. Quem não queria?", afirmou. "A ideia é candidatura própria e a chapa está aqui nestes bancos", completou, ao lado da sua provável candidato a vice Alda Marco Antonio (PSD) e de Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central, cotado para ser o nome do PSD ao Senado.

Em seguida, Kassab não poupou Alckmin das brincadeiras. "O único problema da prefeita (Dárcy Vera) é que ela é apaixonada pelo Geraldo", disse, arrancando risos até mesmo de Dárcy. Ao chegar na casa da prefeita, a vítima das piadas de Kassab foi Padilha. Ao ser informado que o empresário Maurílio Biagi Filho, vizinho de Dárcy, estava na residência para cumprimentá-lo, Kassab completou: "Ele vai trazer o Padilha?". Biagi, filiado ao PR, chegou a ser cotado para ser vice de Padilha nas eleições deste ano, mas desistiu da empreitada alegando problemas de saúde e familiares.