1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Justiça solta condenado no mensalão pego na Lava Jato

26 Março 2014 | 18h 25

Enivaldo Quadrado, que cumpre pena alternativa por seu envolvimento no mensalão, é apontado como laranja do doleiro Alberto Youssef, alvo principal da operação

São Paulo - O doleiro Enivaldo Quadrado foi solto nesta quarta-feira 26, nove dias após ser preso pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal,  que investiga um esquema de lavagem de dinheiro estimado em mais de R$ 10 bilhões. Segundo a assessoria de comunicação do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, o mandado de prisão temporária dele expirou e houve ainda pela manhã um despacho com mandado de soltura.

Quadrado cumpria a prisão temporária na sede da Polícia Federal (PF), em Curitiba.Ele é apontado como laranja do também doleiro Alberto Youssef, que atuou no escândalo do Banestado - de evasão de US$ 30 bilhões nos anos 1990.

Anteriormente, Quadrado tinha sido condenado no processo do mensalão a 3 anos e 6 meses de prisão. Ele cumpria pena alternativa em Assis, no interior paulista, antes de ser preso pela PF.