1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Justiça manda trocar prefeitos em duas cidades paulistas

JOSÉ MARIA TOMAZELA - Agência Estado

09 Maio 2014 | 19h 21

Duas cidades paulistas terão de trocar os prefeitos em cumprimento a decisões judiciais. Em Araçariguama, região de Sorocaba, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) manteve a cassação do prefeito reeleito Roque Normélio Hoffmann (PSDB) e de seu vice Franciscano Rodrigues de Souza (PSB), já decidida pela Justiça Eleitoral. Hoffmann foi acusado de elevar a contratação de bolsistas pela prefeitura para obter benefícios eleitorais. Em 2012, ele concorreu como candidato único, já que a outra candidata, Liliana Aymar Bechara (PV), teve a candidatura indeferida.

O prefeito cassado, que se diz inocente, entrou com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e aguardava nesta sexta-feira, 9 a concessão de uma liminar. Até o final da tarde, a Câmara não tinha sido notificada para dar posse ao presidente do Legislativo, Rodrigo Almeida (PSDB), no cargo de prefeito interino.

Em Mirandópolis, região de Araçatuba, o TSE mandou dar posse ao prefeito eleito Antonio Leal Cordeiro (PV), o mais votado nas eleições de 2012. Ele concorreu com o registro suspenso por ter tido as contas rejeitadas pela Câmara em mandato anterior. O decreto legislativo que deu base à rejeição, no entanto, foi anulado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Com a decisão, dada na última terça-feira 6, Cordeiro deve assumir o lugar do prefeito interino Rondinelli Pereira Oliveira (DEM), que administra a cidade desde janeiro de 2013. Para o cumprimento da decisão, ainda é necessária a notificação da Câmara.