Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Política

Política » Jucá é hostilizado ao desembarcar em aeroporto de Boa Vista

Política

Jucá é hostilizado ao desembarcar em aeroporto de Boa Vista

Senador peemedebista, líder do governo no Congresso, é chamado de 'pilantra' por transeuntes ao chegar na capital de Roraima

0

Ricardo Galhardo ,
O Estado de S. Paulo

16 Fevereiro 2017 | 17h34

O senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no governo, foi hostilizado na manhã desta quinta-feira, 16, ao desembarcar no aeroporto de Boa Vista. Aos gritos e palavrões, manifestantes lembraram que Jucá está envolvido no esquema investigado pela Operação Lava Jato e reclamaram da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que o senador chegou a protocolar ontem (e recuou três horas depois) impedindo membros da linha sucessória da Presidência da República de ser investigados por atos anteriores ao mandato. 

A assessoria do senador informou que ele foi "agredido verbalmente" pelo candidato derrotado à Prefeitura de Boa Vista em 2016, Jefferson Alves. Segundo a assessoria do parlamentar, Jefferson Alves estava esperando o ex-senador Telmário Mota (ex-PDT) , adversário político do peemedebista que desembarcava no mesmo voo de Jucá.

Jucá é citado na delação do ex-diretor da Odebrecht Cláudio Melo Filho. 

De acordo com o delator, o atual líder do governo no Congresso “concentrava a arrecadação e distribuição dos recursos destinados ao partido”. Em troca, Jucá atuava como “patrocinador” de uma “intensa agenda legislativa” em favor da Odebrecht.

Jucá recebeu o apelido de “Caju”. O delator disse que o fato de sua relação com Jucá envolver dinheiro lhe dava privilégios, como o de ser recebido a hora que quisesse, mesmo com o gabinete lotado de pessoas ou de esperar o senador na sala dele, mesmo sem a presença do parlamentar.

Confira a íntegra da nota da assessoria de Jucá sobre o episódio:

O senador Romero jucá  foi agredido verbalmente pelo candidato derrotado à Prefeitura de Boa Vista em 2016, Jefferson Alves. Jefferson Alves estava esperando o senador Telmário que desembarcava no mesmo voo do senador Jucá. Adversário político do senador Jucá, Telmário  está sendo investigado pela PGR por suposto espancamento de uma amante durante seu mandato como senador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.