1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Jornais vão debater liberdade e mercado

Gabriel Manzano - O Estado de S. Paulo

16 Agosto 2014 | 16h 22

No 10º Congresso Brasileiro de Jornais, que começa segunda-feira, 600 profissionais discutirão novas formas de fortalecer o setor

Epitacio Pessoa/Estadão
O presidente da Associação Nacional dos Jornais, Carlos Fernando Lindenberg Neto

Três ideias centrais do mundo jornalístico - as de que a credibilidade é essencial, a liberdade de expressão é inegociável e o mercado leitor é o motivo de sua existência - serão o eixo condutor, nos próximos dois dias, das palestras e debates do 10.º Congresso Brasileiro de Jornais, que se realizará em São Paulo. 

Organizado pela Associação Nacional de Jornais (ANJ), o evento - apontado como o mais importante da indústria jornalística brasileira - reunirá cerca de 600 profissionais no WTC Events Tower - que fica junto ao Sheraton São Paulo WTC Hotel, na zona sul da capital. O tema do encontro já prenuncia a intenção dos seus promotores: “Ruptura, Inovação e Avanço”. Seu ponto forte será um conjunto de medidas preparadas pela ANJ e destinadas a “fortalecer os jornais diante do mercado, buscando formas de aumentar suas receitas”. 

“A imensa e qualificada audiência que os jornais alcançam hoje, somando-se o impresso e o digital, demonstra claramente que a sociedade precisa e quer as informações que produzimos, as opiniões que veiculamos”, diz o presidente da ANJ, Carlos Lindenberg Café, que abrirá o evento às 9h de amanhã.

Um dos grandes objetivos do congresso, destaca o diretor executivo da ANJ, Ricardo Pedreira, “é levar ao mercado anunciante, às agências de publicidade, um novo posicionamento dos jornais”. O setor quer apresentar ao mercado “novas práticas e novas iniciativas que visam facilitar nossa relação com eles”. 

Pedreira vê um casamento entre as duas pontas do processo: “Se o jornal é tão importante para a democracia, a publicidade também é importante em nosso modelo de negócios”. Como ele ressalta, “uma sociedade aberta, plural, de livre iniciativa, uma imprensa vigorosa depende muito dos investimentos publicitários que recebe”.

A palestra de abertura antecipa o tom das que se seguirão: “Inovar para Avançar”, a cargo de Jean-Marie Dru, presidente mundial da rede de agências TBWA Worldwide. Ao longo dos dois dias, executivos de áreas técnicas e digitais, diretores de jornais e convidados debaterão os desafios em áreas como publicidade, mercado leitor e relação com anunciantes (mais informações no quadro abaixo).

Homenagens. Na terça-feira de manhã, esses painéis abrirão espaço para dois momentos especiais. O primeiro, uma sessão de homenagem aos jornalistas Ruy Mesquita, do Grupo Estado, e Robert Civita, do Grupo Abril, falecidos em maio do ano passado, pela contribuição que deram ao jornalismo e à defesa da liberdade de expressão ao longo de suas vidas e carreiras. 

O outro momento será a entrega do Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa à advogada colombiana Catalina Botero Marino, que comanda a Relatoria Especial de Liberdade de Expressão da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), da OEA. Por seis anos à frente dessa relatoria, Catalina Botero destacou-se pela coragem com que enfrentou os ataques aos direitos humanos e à liberdade de expressão no continente.

O programa original previa a presença dos três principais candidatos à Presidência da República. Com o acidente que tirou a vida do candidato Eduardo Campos (PSB), os organizadores negociavam, ainda ontem, uma alternativa para esse item. 

Programação do Congresso

Segunda-feira (18/08)

9 horas

Abertura oficial, pelo presidente da ANJ, Carlos Lindenberg Neto.

(A confirmar: fala da presidente da República, Dilma Rousseff, candidata à reeleição.)

Palestra de abertura: 

“Inovar para Avançar”, pelo presidente mundial da TBWA, Jean-Marie Dru

11h30

“As ações de reposicionamento dos jornais brasileiros diante do mercado”. Palestrantes: Ana Amélia Filizola (Grupo GRPCOM), Antonio Manuel Teixeira Mendes (Grupo Folha), 

Christiano Nygaard (Grupo Estado), Eduardo Smith (Comitê de Mercado Anunciante da ANJ), Guilherme Pereira (Grupo GRPCOM), Marcelo Moraes (Infoglobo)

14h15

(A confirmar: fala do senador Aécio Neves, candidato à Presidência da República)

14h45

Teatro WTC – Comitê Editorial: “Publicidade nativa e conteúdo patrocinado”. Com Ebele Wybenga (autor do livro The Editorial Age), Sérgio D’Ávila (Folha de S. Paulo), Sergio Gordilho (África). Moderador, Marcelo Rech (Grupo RBS)

Ballroom 1 e 2 – Comitê de Operações: “A importância das certificações de qualidade gráfica e logística para jornais”. Com Bruno Mortara (ABTG Certificadora) e Rodrigo Schoenacher (Infoglobo e ANJ). Moderador, Odair Bertoni (Estadão)

Ballroom 3 e 4 – Comitê de Mercado Leitor: “Novas Perspectivas de geração de receita com os clientes do Mercado Leitor”. Com Laura Andrade (Valor), Sidney Zamel (Grupo RBS). Moderadora: Verônica Barros (Comitê de Mercado Leitor da ANJ)

16h30

Teatro WTC – Comitê 

de RH e Relações Trabalhistas: “O papel da gestão de pessoas na competitividade das empresas de mídia”. Com Betania Tanure (PUC e convidada do Insead) 

e Deli Matsuo (Grupo RBS). 

Moderador: Helder Luciano (ANJ)

17h45

Painéis simultâneos

Teatro WTC - Comitê Mercado Anunciante: “Repensando a relação com agências e anunciantes”. Com Julio César Sampaio (Resultado Consultoria), Eduardo Smith (Grupo RBS e ANJ), Guilherme Doring Cunha (Grupo GRPCOM).

Ballroom 1 e 2 – Comitê 

Mercado Leitor: “Inovações 

nas práticas de relacionamento com o leitor e nas vendas de produtos digitais”. Com Murilo 

Bussab (Folha de S. Paulo), 

Verônica Barros (Jornal do Commercio e Comitê 

de Mercado Leitor da ANJ). Moderador: Victor Chidid 

(O Povo).

Ballroom 3 e 4 – Comitê 

Editorial: “Novos modelos de organização de redação”. 

Com Ascânio Seleme (O Globo), Marta Gleidh (Zero 

Hora e Grupo RBS), 

Ricardo Gandour (Grupo 

Estado). Moderador, Luis 

Fernando Rocha Lima 

(Grupo Jaime Câmara)

19 horas

Eleição de nova diretoria da ANJ para o biênio 2014-16

Terça-feira (19/08)

9 horas

Teatro WTC – Posse da nova diretoria da ANJ

Homenagem a Ruy Mesquita 

e Robert Civita. Entrega do 

Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa a Catalina Botero, relatora de Liberdade de 

Expressão da Comissão 

Interamericana de Direitos 

Humanos (CIDH).

11h30

Comitê de Gestão / Estratégias Digitais / Mercado Anunciante: “Inovações 

que provocam a ruptura do 

modelo de negócio dos jornais”. Palestrante, Ken Doctor (Newsonomics). Moderador, 

Rosenthal Calmon Alves 

(Centro Knight para Jornalismo nas Américas)

14h30

Ballrooms

“Os jornais em movimento”. Com Ana Amélia Filizola 

(Grupo GRPCOM), Eduardo Sirotsky Meltzer (Grupo RBS).

Lançamento da campanha 

institucional de reposicionamento dos jornais brasileiros: Luiz Lara (Lew’Lara/TBWA

15h45

Ballroom 1 a 4

“O compromisso dos jornais com o novo posicionamento”. 

Palestrantes: Francisco Mesquita Neto (Grupo Estado), João Roberto Marinho (Organizações Globo), Luiz Frias 

(Grupo Folha), Nelson 

Sirotsky (Grupo RBS). 

Moderadora, Renata Lo Prete 

(jornalista, Rede Globo)

  • Tags: