Jobim: governo estuda criar Secretaria de Aviação Civil

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, confirmou hoje que está em estudo a criação de uma Secretaria de Aviação Civil, com status de ministério e ligado à Presidência da República, no governo de Dilma Rousseff. O órgão ficará responsável por todos os assuntos relacionados à navegação aérea civil brasileira, que atualmente é de responsabilidade do Ministério da Defesa. Segundo Jobim, a nova pasta será similar à atual Secretaria de Portos.

ALFREDO JUNQUEIRA, Agência Estado

17 Dezembro 2010 | 12h47

"A parte relativa a regras e discussões sobre navegação aérea civil seriam feitas via essa secretaria. É uma proposta que está sendo debatida", explicou Jobim, que permanecerá no cargo no próximo governo.

Ele confirmou que vai indicar à presidente eleita a permanência dos atuais comandantes da Marinha, Aeronáutica e Exército. "O caminho será esse. A minha intenção é indicar os comandantes e aguardar a decisão da presidente. Creio que não haverá problemas", disse Jobim, após participar da cerimônia de troca do comando geral do Corpo de Fuzileiros Navais, na Fortaleza São José, no Rio.

Em relação ao plano de reequipamento da Força Aérea com a compra de 36 caças, o ministro afirmou que a decisão sobre o fornecedor dos equipamentos e tecnologia terá que ocorrer no primeiro semestre de 2011. Ele ressaltou que há pressa na definição, pois parte do conjunto atual de caças da Força Aérea será desativada em 2013.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.