Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Janot pede ao STF que Dirceu cumpra pena do mensalão em regime fechado

Procurador-geral quer a regressão do regime de Dirceu por causa de seu suposto envolvimento com crimes investigados na Operação Lava Jato.

LORENNA RODRIGUES, O Estado de S. Paulo

19 Outubro 2015 | 20h21

Brasília - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu cumpra a pena a que foi condenado pelo mensalão em regime fechado.

Janot quer a regressão do regime de Dirceu por causa de seu suposto envolvimento com crimes investigados na Operação Lava Jato. Dirceu foi condenado a sete anos e 11 meses de prisão, mas, no ano passado, o STF permitiu que ele passasse para o regime aberto e cumprisse o resto da pena em prisão domiciliar.

Segundo Janot, há "provas contundentes e abundantes da prática criminosa" e de que os crimes foram cometidos depois do trânsito em julgado da condenação no mensalão e que, por isso, a prisão domiciliar concedida deve ser transformada em regime fechado.

Dirceu cumpre no momento prisão preventiva pedida pelos investigares da Lava Jato, que acusam o ex-ministro dos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Mais conteúdo sobre:
mensalão José Dirceu Rodrigo Janot

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.