Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Política

Política » Janot envia à Justiça dados de tesoureiro da campanha de Dilma

Política

André Dusek/Estadão

Política

Janot

Janot envia à Justiça dados de tesoureiro da campanha de Dilma

Procurador solicita que Justiça eleitoral decida sobre eventual investigação de José de Filippi Júnior e do ex-deputado federal Valdemar Costa Neto por suposta prática de crimes eleitorais

0

Talita Fernandes ,
O Estado de S.Paulo

10 Setembro 2015 | 02h03

BRASÍLIA - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu para que sejam encaminhadas informações relativas ao tesoureiro da campanha de Dilma Rousseff em 2010, José de Filippi Júnior (PT-SP), e ao ex-deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP) à Justiça Eleitoral de São Paulo. Com o pedido, o procurador solicita que a Justiça eleitoral decida sobre eventual investigação de ambos por suposta prática de crimes eleitorais.

Os dois políticos foram citados pelo dono da UTC, Ricardo Pessoa, em acordo de delação premiada firmado por ele com o Ministério Público no âmbito da Operação Lava Jato. O procurador não detalha, contudo, quais os crimes foram supostamente praticados.

Além dos pedidos envolvendo Costa Neto, que foi condenado no processo do mensalão, e Filippi, Janot requisitou que o Supremo Tribunal Federal encaminhe à Justiça eleitoral de Belo Horizonte informações referentes a Hélio Costa (PMDB-MG), que foi ministro das Comunicações no governo Lula.

Os encaminhamentos foram demandados ao STF junto aos pedidos de investigação do ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP). Os dois casos estão a cargo do ministro Celso de Mello, decano do Supremo, por entendimento de que os fatos a serem apurados não têm relação direta com o esquema de desvios da Petrobrás.

Outras informações referentes à delação de Pessoa já foram encaminhados pelo Supremo ao juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na 1.ª instância.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.