Beto Oliveira
Beto Oliveira

Janot denuncia deputado por 'difamar' procurador

Procurador-Geral da República acionou Luiz Carlos Heinze (PP-RS) devido a críticas que o parlamentar fez em um programa de rádio

Daniel Carvalho, O Estado de S. Paulo

13 Fevereiro 2015 | 17h14

Brasília - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denúnciou o deputado federal Luís Carlos Heinze (PP-RS) no Supremo Tribunal Federal (STF) por difamação e injúria contra o procurador Ricardo Gralha Massia, do município gaúcho de Erechim.

De acordo com a Procuradoria-Geral da República, durante entrevista a uma rádio do município de Getúlio Vargas (RS), o deputado chamou o procurador de "teimoso" e "mal intencionado". "Esse procurador é teimoso, é mal intencionado.  A interpretação que ele dá é maldosa, e gostaria que ele entendesse bem essas questões e ajudasse a resolver o problema, não criasse mais tumulto", disse o parlamentar à Rádio Sideral.

As declarações foram feitas em um programa que discutia a situação de processos judiciais envolvendo a terra indígena de Mato Preto. Para a PGR, o deputado dirigiu ofensas à reputação, à honra e à seriedade do procurador, configurando crime de difamação. Se o Supremo Tribunal Federal aceitar a denúncia, será aberta uma ação penal contra o deputado.

O Estado procurou  Heinze, mas ele não retornou as ligações até a publicação desta reportagem. 

Mais conteúdo sobre:
Luiz Carlos Heinze Janot

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.