Dida Sampaio/AE
Dida Sampaio/AE

Jader Barbalho toma posse no Senado durante o recesso

STF liberou parlamentar que havia sido barrado pela Lei da Ficha Limpa

estadão.com.br

28 Dezembro 2011 | 16h20

O senador Jader Barbalho (PMDB-PA) tomou posse na tarde desta quarta-feira, 28, em uma cerimônia antecipada organizada pela Mesa Diretora do Senado. Eleito em outubro de 2010 com 1,7 milhão de votos, ele havia sido barrado pela Lei da Ficha Limpa por ter renunciado a um mandato anterior para escapar de um processo de cassação.

 

Após ser empossado pela 1ª Vice-Presidente do Senado, Marta Suplicy (PT-SP), Jader comemorou em sua página no Twitter: "Sou senador pelo Pará, eleito e empossado neste momento", escreveu o senador.

 

Em entrevista após a cerimônia, disse estar confortável para voltar aos trabalhos em 2012. "Estou muito bem no Senado. Tenho um círculo de amigos e sou respeitado. Vou continuar lá."

 

Nos últimos onze meses, quem exerceu o mandato de senadora no lugar do peemedebista foi Marinor Brito (PSOL-PA).

 

O registro de candidatura de Jader havia sido negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o que o levou a recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). Na corte, os ministros tomaram uma decisão a favor do parlamentar.

 

Para dar posse a Jader, a Mesa Diretora do Senado resolveu abrir mão de um dia de descanso e se reuniu extraordinariamente nesta quarta, em pleno recesso parlamentar. A posse a quatro dias do fim do ano lhe assegura duas ajudas de custo, cada uma no valor de R$ 26.723,13. O senador receberá uma das parcelas justamente por tomar posse ainda em 2011 - a outra será paga no início do próximo ano legislativo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.