Investigações da Xeque-Mate chegam ao MP Federal em MS

Procuradores têm cinco dias para denunciar acusados de integrar máfia

Agencia Estado

15 Junho 2007 | 15h13

Já está nas mãos do Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul o inquérito sobre as investigações da Operação Xeque-Mate, da Polícia Federal, sobre a existência de uma máfia de caça-níqueis no País. Os três procuradores que atuam no caso devem apreciar o documento, encaminhado pela 5ª Vara Federal de Mato Grosso do Sul, para decidir se oferecem denúncia contra os acusados ou se pedem novas diligências sobre o caso, informa a assessoria do Ministério Público Federal. O prazo para oferecer denúncias é de cinco dias. A Operação Xeque-Mate da Polícia Federal investiga o tráfico de drogas e o contrabando de componentes eletrônicos para utilização em máquinas caça-níqueis. Os 23 detidos, com prisão preventiva decretada, são acusados de praticar crimes como corrupção, falsidade ideológica, formação de quadrilha, tráfico de influência e exploração de prestígio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.