1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Índios jiahui devem voltar a viver em isolamento

JOSÉ MARIA TOMAZELA - Agência Estado

08 Janeiro 2014 | 19h 33

Os índios da etnia jiahui estão se preparando para voltar a viver em isolamento completo, na terra indígena Tenharim Marmelos, em Humaitá, sul do Amazonas. Vítimas indiretas da revolta dos brancos, já que são apenas vizinhos dos tenharins, em cuja reserva três homens desapareceram, eles já voltaram a se alimentar da caça, pesca e produtos da floresta, como antigamente. "Nosso povo não tem nada com isso (o desaparecimento dos três amigos), mas os brancos não distinguem os índios pela etnia e considera índio tudo igual", disse o líder Luiz Sérgio Jiahui.

Ele contou que a aldeia do seu povo também foi atacada quando moradores de Santo Antonio do Matupi queimaram os pedágios, no final de dezembro. Crianças e idosos que fugiram para o mato, não quiseram voltar para as casas na aldeia, obrigando os adultos a acompanhá-los. Como a Fundação Nacional do Índio (Funai) também interrompeu a assistência após suas instalações terem sido destruídas, eles passaram a viver de modo tradicional, segundo o líder dos jiahuis. "Nosso povo caça porcos do mato e macacos para comer. Usa também óleo de tucumã com macaxeira e frutos da floresta, como o bongo e a maçã do mato." A pesca voltou a ser praticada com o uso de lanças e flechas.

Os índios socializados, como o próprio Luiz Sérgio, são os que mais sofrem com o isolamento decorrente do conflito. Ele cursa engenharia ambiental na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e teme não poder voltar às aulas. Ele conta que, ao todo, 45 índios universitários estudam em Humaitá, sendo 15 na Ufam e 30 na Universidade Estadual do Estado Amazonas (UEA). "O que mais preocupa é ter de interromper os estudos por uma situação com a qual não temos nada a ver", disse. Na segunda-feira, os índios pediram ao Exército garantia para os estudantes. O pedido foi encaminhado à Funai e aos Ministérios da Educação e da Defesa.

FIM.

#ET

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo