1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Índios bloqueiam rodovia no RS

ELDER OGLIARI - Agência Estado

07 Maio 2014 | 19h 57

Índios caingangues bloquearam nesta quarta-feira a RS 487, entre Faxinalzinho e Benjamim Constant do Sul, prometendo impedir a passagem de veículos pela rodovia por tempo indeterminado. O grupo explicou que a medida deve-se ao temor que tomou conta dos moradores de uma aldeia com casas próximas à estrada desde que eles ouviram tiros, possivelmente disparados de dentro de carros que trafegavam pelo local, durante a madrugada.

Impedidos de passar por toras de eucaliptos deitadas no chão, os motoristas terão de andar por caminhos alternativos, percorrendo distâncias maiores que os 15 quilômetros entre as duas cidades pela rodovia. A decisão dos índios aumenta a tensão no pequeno município de Faxinalzinho, habitado por 2,5 mil moradores e com boa parte de seus 143 quilômetros quadrados disputados por índios que reivindicam demarcação de terras e agricultores instalados na região há décadas.

No dia 28 de abril, depois de passarem por obstáculos deixados em uma estrada vicinal pelos índios, dois agricultores foram perseguidos e mortos a tiros e pauladas dentro de um milharal. Moradores de diversos municípios da região fizeram protestos nos dias seguintes. Desde então, as aulas estão suspensas em Faxinalzinho.

Tanto índios quanto agricultores e políticos da região reclamam da demora do governo federal para solucionar o conflito. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, era esperado em Passo Fundo hoje, mas alegou não poder faltar a uma reunião em Brasília para deixar de viajar. Assessores do ministério reuniram-se com autoridades estaduais em Porto Alegre e convidaram as partes interessadas para uma reunião de conciliação em Brasília, dia 22 de maio, quando prometem apresentar alternativas para o impasse.