André Dusek|Estadão
André Dusek|Estadão

Humberto Costa: depoimento de Lula fez parte de articulação para incriminá-lo

Senador do PT de Pernambuco disse ter convicção de que o ex-presidente é inocente

Francisco Carlos de Assis, O Estado de S.Paulo

13 Setembro 2017 | 21h00

CURITIBA - O senador petista de Pernambuco e ex-ministro da Saúde no primeiro mandado de Lula, Humberto Costa, disse ao Broadcast Político nesta quarta-feira que o depoimento do ex-presidente ao juiz Sérgio Moro fez parte de um movimento articulado para tentar incriminar Lula. “Mas nós temos convicção de que Lula é inocente”, disse o senador.

De acordo com ele, Lula vai desmontar as teses do Ministério Público. “Infelizmente vai ter que desmontar também a tese do juiz Sérgio Moro porque ele não funciona como um juiz e sim como um acusador”, disse o senador, que juntamente com outros caciques do PT foram a Curitiba para apoiar o ex-presidente Lula.

Para Humberto Costa, Lula vai conseguir desmontar as teses do Ministério Público e de Sérgio Moro “porque quem é inocente não tem como ficar enredado e em qualquer tipo de questionamento”.

Perguntado pela reportagem se a delação do ex-ministro Antonio Palocci não prejudicará a defesa de Lula, o senador disse que prejudica no sentido de que o PT não esperava que o ex-ministro “fosse fazer uma coisa dessa”.

“Se o Palocci tivesse falado das relações dele com o mercado financeiro e com emissoras da rádio e televisão, tudo bem. Mas ele preferiu ir pelo caminho da mentira. Então não vamos considerar isso uma delação”, disse Humberto Costa, para quem Palocci está sendo uma decepção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.