1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Mensalao

Hacker publica dados pessoais de Genoino, Delúbio e Dirceu

Ricardo Chapola - O Estado de S. Paulo

08 Janeiro 2013 | 15h 15

Telefones, emails e endereços dos condenados no mensalão foram lançados na internet como forma de protesto

Texto atualizado às 16h04

SÃO PAULO - Um hacker divulgou nesta terça-feira, 8, uma página com dados pessoais de três políticos condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo do mensalão no fim do ano passado. Os telefones, endereços, e-mails e os CPFs do ex-presidente do PT, José Genoino, do ex-tesoureiro do partido, Delúbio Soares e do ex-ministro José Dirceu foram publicados e disseminados na internet via Twitter pelo perfil de um hacker identificado por @nbdu1nder. Procurado pelo Estado, o hacker afirmou, sem citar quando, liberar outros dados de outros políticos envolvidos no escândalo em breve.

"Isto é só o começo. Muitas coisas ainda virão. Poucos perceberam, mas no texto que fiz, eu coloquei a database do planalto.gov.br. É certeza que dados de muitos outros envolvidos no mensalão serão divulgados", disse. A secretaria de Comunicação do governo federal informou que "não há possibilidade de os dados sobre os três políticos em questão terem saído do site do Planalto".

Segundo ele, a divulgação foi uma forma de protesto e um meio para que as pessoas conheçam os políticos brasileiros. "O governo omite muitas informações. A população tem direito de saber quem está por trás do nosso Brasil", disse ele, acrescentando que teve ajuda de apenas um colega para conseguir e publicar os dados.

As informações estão abrigadas na página intitulada "Leaked and Exposed" - "Vazado e exposto", em tradução para o português. Lá, o hacker criticou o direito de Genoino tomar posse da cadeira de deputado na segunda passada e classificou o momento como "um dos mais constrangedores da história". O ex-presidente do PT assumiu a vaga deixada por Carlinhos Almeida, eleito prefeito de São José dos Campos.

"O Brasil viveu um dos momentos mais constrangedores de sua história, não apenas por assistir a posse na Câmara dos Deputados de um corrupto e quadrilheiro condenado a seis anos e onze meses de prisão, mas pelo fato dele ter sido aplaudido por boa parte dos parlamentares, entre eles todos os petistas, como se fosse um herói nacional", disparou.

O advogado de Dirceu, José Luis Mendes de Oliveira Lima, acenou que tomará medidas judiciais. "Sim (tomaremos providências) se a ilegalidade tiver sido cometida contra meu cliente", afirmou. As defesas de Genoino e de Soares não se posicionaram.

Mensalao