1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Graça: não houve parecer contrário à compra de Pasadena

RICARDO DELLA COLETTA E RICARDO BRITO - Agência Estado

27 Maio 2014 | 12h 25

A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, afirmou nesta terça-feira, 27, durante audiência na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado, que não houve nenhum parecer contrário das firmas de auditoria contra a aquisição de Pasadena, no Texas (EUA). "Em todas as aquisições da Petrobras há um volume gigantesco de pareceres, que são específicos", disse.

Ela pontuou ainda que a Astra Oil desembolsou um total de US$ 360 milhões pela compra de Pasadena - US$ 248 mi pela aquisição e US$ 112 em investimentos.

A executiva afirmou ainda que a refinaria de Pasadena precisava passar por um processo de revamp (modernização). "Para ter o retorno do capital investido, era importante que fizéssemos a modernização", afirmou ela.

Segundo Graça, a Astra se mostrou favorável a participar do revamp. "Havia de fato um negócio estruturado, bastante estruturado conceitualmente falando e não há demonstração de que ela estivesse blefando ou especulando", afirmou.