1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Graça: meu marido não tem contrato com a Petrobras

RICARDO BRITO E NIVALDO SOUZA - Agência Estado

15 Abril 2014 | 18h 05

A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, negou nesta terça-feira que o seu marido tenha contratos com a estatal. A resposta ocorreu após questionamentos do senador Mário Couto (PSDB-PA) de que Colin Vaughan Foster, marido de Graça, seria fornecedor da Petrobras.

O tucano disse que a informação teria sido confirmada em uma nota oficial divulgada pela assessoria da estatal. O caso foi divulgado na época em que ela assumiu o cargo. "Maria das Graças Foster, a presidente da Petrobras, afirma ao senhor que o meu marido não tem contrato com a Petrobras", respondeu a executiva ao senador do PSDB, já no final da audiência pública a duas comissões do Senado.

Esse momento causou um princípio de tumulto no depoimento de Graça, que transcorreu de forma tranquila nas mais de cinco horas. O tucano insinuou que teria tido cassada a sua palavra pelo presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Lindbergh Farias (PT-RJ), quando quis fazer esse questionamento. O petista disse que jamais faria isso com o senador do PSDB.

Conhecido pela fama de causador de polêmicas no Senado, Mário Couto reafirmou que houve uma confirmação oficial por parte da Petrobras e que isso é "altamente perigoso" para a estatal. "É um crime e amanhã eu entrarei no Ministério Público com esta matéria e pedindo o afastamento dela (Graça Foster)", ameaçou o tucano. A presidente da Petrobras ignorou o comentário do senador.