Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Política

Política » Ficha suja, Maluf é o 3º mais votado em SP

Política

Ficha suja, Maluf é o 3º mais votado em SP

Com os votos contados em separado por determinação da Justiça Eleitoral, alguns candidatos fichas sujas tiveram votação expressiva e já contam com o mandato. "Eu vou ser diplomado, sim, porque não tenho condenação", disse o ex-prefeito paulistano Paulo Maluf (PP), que disputa vaga na Câmara dos Deputados. Com 497.203, que lhe dariam a terceira colocação entre os mais votados do Estado, Maluf disse que estava "na maior alegria".

0

AE ,
Agência Estado

04 Outubro 2010 | 11h47

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tiveram registro negado 1.248 políticos de um total de 22.555 - considerando todos os cargos em disputa. Nem todos os impugnados têm problemas nos tribunais. Muitos foram barrados porque não exibiram documentação em ordem à Justiça Eleitoral. Os condenados concorreram, mesmo diante do futuro incerto.

Com a candidatura impugnada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por 4 votos a 2, Maluf não desistiu da campanha. Ontem, ele alegou ser inocente e afirmou que o caso de improbidade no qual o Ministério Público o enquadrou está sob análise do Tribunal de Justiça de São Paulo.

"Calculo que vou ter uns 620 mil votos", disse Maluf, que em 2006 recebeu 739 mil votos. Ele afirmou que não aceita a pecha de ficha suja. "Minha ficha é de construção, não fiz minha imagem falando mal, agredindo ou fazendo gracinhas. Meu voto é o do reconhecimento. Mas não é o voto que me dá a certeza de que vou ser reconduzido à Câmara. Não tenho condenação, meu julgamento não terminou." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.