1. Usuário
Assine o Estadão
assine


FHC a Campos: 'Mudar de estratégia não é bom'

ELIZABETH LOPES - Agência Estado

13 Maio 2014 | 15h 01

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso saiu em defesa nesta terça-feira, 13, do seu correligionário nessas eleições presidenciais, o senador mineiro Aécio Neves (PSDB), e disse que ele não precisa mudar sua estratégia de campanha porque o oponente do PSB, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, prometeu que fará uma inflexão à esquerda justamente com o propósito de se diferenciar do concorrente tucano.

"Este negócio de mudar de estratégia não é bom, nem para o Eduardo (Campos)", alfinetou FHC, após participar de evento comemorativo de dez anos de seu instituto, na capital paulista, com a presença dos ex-presidentes Felipe González, da Espanha, Ricardo Lagos, do Chile, Julio Sanguinetti, do Uruguai, e Jorge Castañeda, ex-ministro das Relações Exteriores do México.

Ao falar da campanha eleitoral deste ano, o ex-presidente tucano disse que a população não vai votar em um candidato simplesmente porque ele diz que está mais à esquerda ou mais à direita. E frisou: "(A população) nem sabe muito bem conceitualizar isso." FHC destacou que um candidato precisa, na corrida presidencial deste ano, "inspirar confiança" no eleitorado. E recomendou: "Eu não mudaria de estratégia neste começo (de campanha)".