Juca Varella|Estadão
Juca Varella|Estadão

Executivos da Odebrecht estão a caminho de Brasília e Curitiba para assinar leniência e delações

Expectativa é que 77 funcionários e ex-funcionários da construtora forneçam informações adicionais sobre as relações da empresa com o governo federal e Estados Unidos

Lu Aiko Otta e Beatriz Bulla, O Estado de S.Paulo

01 Dezembro 2016 | 12h33

BRASÍLIA – Executivos da Odebrecht estão em deslocamento para Brasília e Curitiba, onde deverão cumprir formalidades para o acordo de leniência da empresa e o início das assinaturas das delações premiadas no âmbito da Operação Lava Jato.

Na manhã desta quinta-feira, 1, é intensa a movimentação nos bastidores da empresa, segundo fontes. A expectativa é que 77 funcionários e ex-funcionários da construtora forneçam informações adicionais sobre as relações da empresa com o governo federal e Estados Unidos.  

Empecilho. Na semana passada, o último entrave na mesa de negociação era relacionada ao valor que será pago pela empresa aos Estados Unidos, como multa da leniência negociada entre as autoridades norte-americanas, o Brasil e a Suíça. Os EUA pressionavam por um valor maior, o que gerou um impasse na reta final das negociações. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.