FOTO ED FERREIRA/AE
FOTO ED FERREIRA/AE

Ex-senador José Eduardo Dutra morre em Belo Horizonte

Presidente da Petrobrás entre 2003 e 2005, Dutra lutava contra um câncer; funeral ocorrerá nesta segunda, em Belo Horizonte

Murilo Rodrigues Alves, O Estado de S. Paulo

04 Outubro 2015 | 11h19

Atualizado às 13h35

BRASÍLIA - O ex-senador José Eduardo Dutra morreu na madrugada deste domingo, 4, em Belo Horizonte (MG), aos 58 anos. Dutra lutava contra um câncer. O funeral ocorrerá nesta segunda, na capital mineira. No mesmo dia, o corpo de Dutra será cremado.

Dutra foi presidente da Petrobrás de janeiro de 2003 até julho de 2005 e da BR Distribuidora de setembro de 2007 a agosto de 2009. Deixou o cargo para disputar a presidência do Partido dos Trabalhadores, sendo eleito para o biênio 2010-2012. 

O ex-presidente da Petrobrás nasceu no Rio de Janeiro, mas desenvolveu sua vida política em Sergipe, Estado pelo qual foi eleito senador da República em 1994. Antes, foi presidente do Sindicato dos Mineiros do Estado de Sergipe e dirigente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Atualmente, era primeiro suplente do senador Antônio Carlos Valadares (PSB/SE).

A Petrobrás divulgou nota para lamentar o falecimento do ex-presidente da empresa. Dutra ocupava, desde 2012, o cargo de diretor Corporativo e de Serviços da petroleira. "A Petrobras se solidariza com a família de José Eduardo Dutra", diz o comunicado.

Mais conteúdo sobre:
jose eduardo dutra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.