Assessoria/ Geraldo Alckmin
Assessoria/ Geraldo Alckmin

'Eu jamais tiraria. Foi um assessor de Doria', diz Alckmin sobre foto na fila do embarque

Clique causou mal estar entre tucanos e destoa do estilo do governador nas redes sociais

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

14 Setembro 2017 | 18h54

A foto de Geraldo Alckmin (PSDB) na terça-feira parado na fila do embarque no aeroporto rendeu 5,5 mil curtidas e 551 comentários na página do governador no Facebook, até o fim de tarde desta quinta-feira, 14. O número supera a modesta média de interações do tucano na rede social, que fica entre 400 e mil curtidas. 

Apesar do “sucesso”, a publicação irritou o governador e causou mais um mal-estar entre auxiliares dele e do prefeito João Doria. O autor da foto foi o publicitário Daniel Braga, que comanda a bem sucedida estratégia de redes sociais do prefeito.

Braga por coincidência estava no mesmo  voo de Alckmin para Brasília. Ao ver a cena do governador pacientemente esperando sua vez de entrar na aeronave no fim de uma longa fila, Braga fez uma foto e enviou para a equipe de comunicação do Palácio dos Bandeirantes.

Os auxiliares de Alckmin, então, mandaram o registro para a subsecretaria de Comunicação Social do governo, que o publicou no Facebook. Ocorre que Alckmin não foi consultado e reprovou a iniciativa.

Além de destoar do estilo do governador nas redes sociais, o post gerou um clima de desconfiança mútua. Auxiliares de Doria viram como uma provocação pelo fato do prefeito só usar seu próprio avião em viagens nacionais. Já aliados de Alckmin questionaram a motivação de Braga ao fazer a foto.

“Há uma vontade de criar animosidade minha com o prefeito. Quero desfazer isso. Dizem que postei a foto na fila do avião para cutucar o prefeito. Mas o assessor do prefeito estava indo para Brasília me viu lá e pediu para tirar foto. Isso é rotina. Eu jamais tiraria. Não tinha propósito de cutucar ninguém”, disse Alckmin.            

Já Daniel Braga disse que ao ver a cena achou que foto renderia um post interessante de Alckmin no seu dia a dia. “Por isso tirei e mandei para equipe. A relação entre o governador e o prefeito  é tão amistosa que Doria  jamais reclamaria de uma coisa dessa”, disse Braga.                     

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.