1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Eleições 2014

Esta campanha será uma batalha, mas vamos vencer, diz Serra

Elizabeth Lopes - Agência Estadão

29 Junho 2014 | 12h 07

Ex-governador participa da convenção que confirmou candidatura de Alckmin à reeleição em SP, mas evita falar sobre seu futuro político

Atualizado às 14h

SÃO PAULO -  O ex-governador de São Paulo José Serra disse neste domingo, 29, que a campanha eleitoral deste ano será uma batalha, mas que seu partido conseguirá vencer. A afirmação foi feita na convenção estadual do PSDB, que homologou o nome do governador Geraldo Alckmin como candidato à reeleição ao governo de São Paulo.

No rápido discurso, Serra classificou a gestão petista de "incompetente" e disse que o PSDB não tem problema com o passado, diferentemente dos outros partidos. Ele falou dos problemas que o País enfrenta na seara econômica e listou os feitos de seu partido a nível nacional e estadual. O PSDB governa o Estado de São Paulo há 20 anos.

Nas críticas ao PT, Serra disse que a legenda nunca foi socialista ou de esquerda. “É um partido autoritário”, afirmou.

O ex-governador tucano disse que é preciso estar presente nesta campanha eleitoral “de forma corajosa”. Usando o mote que o PT vem imprimindo nesta campanha, ele afirmou que a única coisa que não se deve ter medo é o de mudar, numa referência à gestão de cerca de 12 anos do PT na Presidência da República. 

No discurso, Serra não falou sobre seu futuro político. Ao deixar o evento, não deu entrevistas e não comentou as informações de membros da executiva do partido de que ele deve disputar uma vaga a depurado federal. 

Eleições 2014