1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Empresário diz que não será candidato a vice de Padilha

Gustavo Porto - O Estado de S. Paulo

14 Fevereiro 2014 | 17h 44

Filiado ao PR, Maurílio Biagi Filho foi indicado em outubro por Lula como alternativa para conquista de votos fora do PT; usiniero, no entanto, foi alvo de ataques da corrente interna do partido

Ribeirão Preto - O empresário Maurílio Biagi Filho confirmou na tarde desta sexta-feira, 14, que não será candidato a vice-governador de Alexandre Padilha, provável nome do PT nas eleições deste ano em São Paulo. A informação foi antecipada pela coluna da Sonia Racy, na edição desta sexta no Estado.

Segundo a assessoria do empresário, filiado ao PR, ele deve detalhar ainda nesta sexta a sua decisão. Há uma semana o empresário organizou um jantar em Ribeirão Preto para lideranças do agronegócio, sua área de atuação, do qual participaram, além de Padilha, o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e lideranças do PT e PR.

Maurílio foi alvo de ataques da corrente O Trabalho, do PT, contra a sua possível candidatura a vice da chapa petista. Filiado ao PR, o usineiro foi indicado em outubro passado pelo ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva como alternativa para conquistar votos fora do tradicional leque de alianças do petismo.