1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Emídio de Souza lembra derrotas petistas em SP

CARLA ARAÚJO - Agência Estado

04 Abril 2014 | 20h 53

O presidente do PT de São Paulo, Emídio de Souza, lembrou na noite desta sexta-feira toda a trajetória do partido durante as nove campanhas ao governo estadual de São Paulo e disse que a escolha do ex-ministro Alexandre Padilha como candidato foi um "consenso" do partido "para essa tarefa gigantesca". As declarações foram feitas durante discurso da Caravana Horizonte Paulista, em Osasco, na Grande São Paulo.

Emídio fez críticas ao governo atual do PSDB e disse que os tucanos há 20 anos governam e não são capazes de "planejar o futuro". "Este governo não foi capaz de reduzir as perdas da água. Hoje, 40% da água que sai dos reservatórios é perdida", afirmou, citando a crise de abastecimento de água no Estado.

Segundo o presidente estadual do partido, Padilha tem conversado com "empresários, sindicalistas, mulheres e com a população para saber o que podemos fazer". Emídio destacou que o objetivo do PT é conseguir "puxar a locomotiva que é São Paulo". Para Emídio, "falta criatividade, coragem e ousadia ao governo de São Paulo" para essa tarefa. Segundo ele, é pelo fato de Padilha ter essas características que agora o partido tem "melhores condições de vitória".

Assim como o senador Eduardo Suplicy, que discursou antes dele, Emídio fez referência ao ex-prefeito e deputado preso João Paulo Cunha. Estão presentes no evento, além de Padilha e Suplicy, a ministra Miriam Belchior e o ex-presidente Lula, que deve discursar.