1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Em Paris, Barbosa diz que polêmica das diárias do STF é 'grande bobagem'

Andrei Netto, correspondente em Paris - O Estado de S. Paulo

22 Janeiro 2014 | 14h 27

Presidente do Supremo Tribunal Federal participou de evento na Sorbonne no início da tarde

Paris - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, afirmou na tarde desta quarta-feira, 22, em Paris, que a polêmica envolvendo o pagamento de diárias pela instituição durante seu período de férias é "uma grande bobagem". O ministro está na capital francesa para participar de uma série de encontros políticos e de uma conferência na sexta-feira, antes de partir para Londres. Para ele, o País "tem coisas mais importantes a tratar".

As declarações foram feitas à imprensa brasileira na saída de um compromisso na Sorbonne, a universidade mais importante da França. Antes de se dirigir ao encontro com a ministra da Justiça, Christiane Taubira, Joaquim Barbosa falou por sete minutos com os jornalistas. Questionado sobre o interesse público dos eventos em Paris e Londres, que serão cobertos por 11 diárias, no valor total de R$ 14.142,60, pagas pelo STF durante o período seu período de férias, Barbosa respondeu:

"O interesse público é esse que vocês estão vendo, eu sou o presidente de um dos poderes da República. Qualquer servidor que se desloca em serviço recebe diárias", argumentou. Sobre as críticas no Brasil, o ministro afirmou que não leu nada a respeito, e completou: "Saí de férias. Acho isso uma tremenda bobagem. Temos coisas muito mais importantes a tratar".

A seguir, reiterou: "Eu acho isso uma coisa muito pequena. Veja bem, você viaja para representar o seu País, para falar sobre as instituições do País, e vocês estão discutindo diárias", disse, enaltecendo a importância dos convites que recebeu. "Quando na história do Brasil o presidente do poder judiciário teve as oportunidades que eu tenho de viajar pelo mundo para falar sobre um poder importante da República?".

Segundo informações do STF, Barbosa receberá diárias no período de 20 a 30 de janeiro. Mas sua agenda oficial só começou nesta quarta, em Paris, e deve se esgotar em 29 de janeiro, com uma palestra no King's College, de Londres.