1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Em evento do Pronatec, Dilma enaltece potencial do Piauí

CARLA ARAÚJO E GUSTAVO PORTO - Agência Estado

16 Maio 2014 | 16h 21

A presidente Dilma Rousseff destacou, na tarde desta sexta-feira, 16, durante cerimônia de formatura de 1.500 alunos do Pronatec, em Teresina, que o Estado é um dos que mais possui alunos inscritos no programa. "O Piauí está na frente. Aqui tem 154,6 mil jovens e adultos que são alunos do Pronatec", afirmou.

Segundo Dilma, a ideia de que o Piauí "é um estado atrasado" já não existe mais. Ela destacou o eixo que abrange os Estados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia, conhecido pela sigla MAPITOBA, como um dos mais promissores do País, sendo uma importante fronteira agrícola. "Essa região vai crescer muito e o Piauí sem sombra de dúvidas é um dos Estados com a taxa de crescimento das mais promissoras do País."

A presidente afirmou que o governo federal trabalha para ajudar no desenvolvimento local e destacou que o município de Luis Correa, que há muito tempo espera receber um porto marítimo, está contemplado no atual Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). "O governo federal está atendo a Luis Correa", disse. Dilma afirmou ainda que para que o desenvolvimento do Piauí aconteça de forma plena, o governo vai assegurar abastecimento de energia elétrica. "Vamos garantir que Cepisa (Companhia Energética do Piauí) estará à altura das necessidades de crescimento do Piauí", disse.

Elogiando os formandos, a presidente disse que eles são "os primeiros desbravadores do programa". "O Pronatec vai formar uma geração de técnicos capacitados, que conseguirão trabalhos mais qualificados e conduzirão o Brasil no caminho do desenvolvimento", afirmou Dilma, que reiterou a necessidade de uma educação continuada. "Nem o presidente da República pode parar. Temos de estar o tempo inteiro inquietos, procurando cada vez mais aprender", disse. Dilma segue para Parnaíba, também no Piauí, para a entrega de moradias do programa Minha Casa, Minha Vida, e encerra a viagem de hoje pela Região Nordeste, iniciada em João Pessoa.