Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Política

Política » 'Ele quer se fazer de vítima', diz Eduardo Cunha sobre Rui Falcão

Política

Política

PMDB

'Ele quer se fazer de vítima', diz Eduardo Cunha sobre Rui Falcão

Em mensagens no Twitter, líder do PMDB responde a entrevista do presidente do PT ao Estado; petista disse não aceitar 'ultimatos'

0

Bernardo Caram e Valmar Hupsel Filho ,
O Estado de S. Paulo

06 Março 2014 | 15h21

Brasília - Em mais um episódio da troca de farpas entre o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha, e o presidente do PT, Rui Falcão, o peemedebista usou novamente sua conta no microblog Twitter para dizer que está sendo agredido pelo petista.

"Engraçado, sou agredido pelo Rui Falcão, respondo, aí ele vem e diz que não aceita ultimato? Quem está dando ultimato? Ele quer se fazer de vítima", disse Cunha.

Nesta quinta, o presidente do PT disse ao Estado que não aceitará ultimatos. Falcão ressaltou que tem desentendimentos com o líder do PMDB. "O líder do PMDB, nosso principal aliado, não pode estar no governo e fazer oposição ao mesmo tempo. É preciso se definir", disse.

O desentendimento entre o peemedebista e o petista começou quando Rui Falcão disse, na semana passada, que o PMDB na Câmara estaria descontente por não ter recebido cargos na reforma ministerial.

Em seguida, Cunha, dos principais articuladores do "blocão" dos insatisfeitos com o Palácio do Planalto, ameaçou convocar uma convenção extraordinária do partido para avaliar um possível rompimento da aliança com o PT. "A cada dia que passo me convenço mais que temos de repensar esta aliança, porque não somos respeitados pelo PT", escreveu ele na terça-feira.

'Pilantra'. Em outras mensagens publicadas nesta quinta em sua página no Twitter, Cunha também rebateu as críticas do presidente do PT-RJ e prefeito de Maringá, Washington Quaquá, a quem o chama de "pilantra".

A mensagem de Cunha era uma reação aos comentários de Quaquá, que na quarta-feira, chamou o deputado de "chantagista" e "bocudo". "Não vou perder tempo e baixar o nível com um pilantra como esse QuaQuá.Ele não é personagem de páginas políticas e sim de páginas policiais", escreveu Cunha.

O peemedebista também acusa o prefeito de causar a queda de um avião, ocorrida em outubro passado, que causou a morte de duas pessoas. "Aliás a imprensa devia aproveitar e visitar o que ele está fazendo com aeroporto de. Marica. E criminoso", disse. "Recentemente causou a queda de um avião com mortes,porque colocou veículos da pref na pista e impediu que o avião com problemas descesse", completou.

Mais conteúdo sobre: