1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Eduardo Jorge critica 'recuo' em programa de Marina

EULINA OLIVEIRA - Estadão Conteúdo

30 Agosto 2014 | 21h 26

São Paulo, 30/08/2014 - O candidato do PV à Presidência, Eduardo Jorge, divulgou nota na qual critica o que chamou de "recuo" no programa de governo da concorrente Marina Silva (PSB) no que se refere à causa LGBT. O PSB divulgou hoje errata a respeito do tema no plano de governo anunciado ontem, com uma nova versão mais genérica do que a original. Foi pelo PV que Marina disputou a Presidência da República em 2010.

Segue abaixo a íntegra da nota de Eduardo Jorge:

ESTADO LAICO?

Divulgado ontem solenemente o Programa do PSB, registramos o avanço que havia em relação aos direitos das pessoas que querem ver respeitada sua livre orientação sexual. Durou pouco.

Bastou um influente pastor reclamar e ameaçar uma guerra santa e a campanha do PSB recuou em dois pontos essenciais: o reconhecimento do direito ao casamento para estas pessoas e na gravidade dos crimes de homofobia.

Outro aspecto pouco edificante, atribuir aos redatores do Programa algo que foi apresentado por um dos mais preparados quadros dirigentes do PSB, Maurício Rands.

Quanto à interrupção da gravidez, o PSB em nada muda a atual legislação que considera criminosas as milhares de mulheres que por algum motivo o fazem. O atendimento das exceções previstas na lei já é feito desde 1989. Mais uma vez, nada novo.

Fica nossa preocupação/constatação: será para valer mesmo a promessa do PSB de adotar uma política laica se por acaso conseguir vencer esta eleição presidencial?