1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Eduardo Campos e Marina Silva se reúnem pela primeira vez em 2014

Isadora Peron - O Estado de S. Paulo

14 Janeiro 2014 | 21h 05

Definição sobre palanques estaduais e situação de SP ficaram de fora das discussões, segundo participantes do encontro; diretrizes do plano de governo serão apresentadas no final do mês

São Paulo - O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e a ex-ministra Marina Silva se encontraram pela primeira vez no ano nesta terça-feira, 14, em São Paulo. Os dois participaram de uma reunião com os coordenadores da Comissão de Sistematização do Programa de Governo da aliança PSB-Rede. A ideia é que até o fim do mês seja apresentado um documento com as diretrizes que nortearão o futuro programa da coligação.

Segundo participantes do encontro, a discussão sobre palanques estaduais ficou de fora da reunião e não houve nenhuma definição sobre a situação em São Paulo. Como o Estado publicou nesta terça, Campos está disposto a abandonar o projeto de aliança com PSDB paulista se Marina aceitar antecipar o anúncio de que será sua vice na disputa pela Presidência da República.

De acordo com Bazileu Margarido, um dos coordenadores da comissão, as definições sobre palanques estaduais acontecerão somente em meados de fevereiro. "Até o fim de janeiro, nós temos que finalizar as diretrizes. Nos 15 dias seguintes, começará uma nova fase, que é a articulação das candidaturas nos Estados", afirmou.

Apesar da sinalização de que Campos poderia abrir mão da aliança, o presidente do PSB paulista, deputado Márcio França, continua defendendo que a sigla faça parte da coligação que irá trabalhar pela reeleição de Geraldo Alckmin. Segundo ele, essa foi estratégia que havia sido planejada antes da entrada de Marina no PSB e o cenário que traria mais benefícios para a candidatura de Campos à Presidência.