1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Donadon desiste de ir à sessão que vai decidir sobre sua cassação

Daiene Cardoso - Agência Estado

12 Fevereiro 2014 | 16h 00

Decisão foi anunciada por advogado do parlamentar, que ficará responsável por defender o deputado no plenário

Brasília - O deputado Natan Donadon (sem partido/RO) desistiu de ir pessoalmente ao plenário da Câmara na noite desta quarta-feira,12, para se defender no processo de cassação que irá a votação, informou sua defesa. O parlamentar, que já havia conseguido autorização da Justiça para deixar o Complexo Penitenciário da Papuda e já tinha todo um esquema de segurança pronto para recebê-lo na Casa, foi convencido pelos advogados a não se expor ao desgaste.

"Ele decidiu que não seria produtiva sua ida, não vislumbrou a possibilidade de obter algum bônus", explicou o advogado Michel Saliba. Sem o parlamentar em plenário, a defesa técnica será feita pelo advogado.

A Câmara decidirá novamente se mantém em seus quadros um deputado condenado e preso. Absolvido em 28 de agosto do ano passado, Natan Donadon responde agora a um processo de quebra de decoro parlamentar. Ele cumpre pena de 13 anos, 4 meses e 10 dias por peculato e formação de quadrilha e está preso desde junho do ano passado por desvios na Assembleia Legislativa de Rondônia.