1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Disputa eleitoral leva juiz a instituir toque de recolher em cidades da PB

Adelson Barbosa dos Santos, especial para O Estado

26 Setembro 2012 | 18h 24

Candidato teve carro atingido por tiros em Marizópolis; haverá reforço policial nas ruas das cidades

O juiz da 35ª Zona Eleitoral da Paraíba, José Normando Fernandes, instituiu toque de recolher nos municípios de Sousa e Marizópolis em consequência do acirramento da campanha eleitoral. Na madrugada desta quarta-feira, 26, um candidato a prefeito de Marizópolis teve o carro atingido por tiros na BR 230. O candidato Abdon Lopes (PSB) disse que foi vítima de atentado político.

Os candidatos a prefeito e vereador dos dois municípios do Sertão da Paraíba, segundo o magistrado, estão proibidos, desde esta quarta, de fazer visitas a eleitores no período noturno. Também estão proibidos de fazer campanha eleitoral nas ruas das cidades entre meia noite a 5h da manhã. Nos três dias que antecederem às eleições, a proibição será a partir das 22h.

Segundo o chefe do cartório eleitoral de Sousa, João de Deus, a medida foi tomada mediante um acordo firmado entre o juiz e representantes das coligações que estão na disputa nos dois municípios, como medida de segurança. Para garantir o cumprimento da decisão, o juiz eleitoral solicitou reforço policial para os dois municípios. Quem descumprir a ordem será multado em R$ 10 mil.