1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Eleições 2014

Diretórios do PMDB em MG e SP confirmam aliança com PT

RICARDO DELLA COLETTA - Agência Estado

14 Maio 2014 | 14h 06

Numa demonstração de força que tem por objetivo aplacar dissidências internas, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) recebeu nesta quarta-feira o apoio antecipado de dois importantes diretórios da sigla, que dessa forma fecharam questão em defesa da reedição da aliança nacional com o PT.

Os presidentes do PMDB de Minas Gerais, deputado Antonio Andrade, e em São Paulo, Baleia Rossi, entregaram a Temer documentos assinados por todos os convencionais do partido em cada um dos Estados, nos quais os signatários advogam pela manutenção do acordo com a chapa da presidente Dilma Rousseff.

O ato foi realizado no gabinete da presidência do PMDB na Câmara. Com a antecipação do apoio, Temer, que também é presidente licenciado do PMDB, visa demonstrar que a legenda está construindo unidade em torno da reedição da aliança. De quebra, também passa um recado às alas do partido que têm questionado o acordo com os petistas, como é o caso de parte da bancada peemedebista da Câmara.

Um peemedebista ouvido pelo Broadcast Político avaliou que a antecipação faz com que os "boatos" que questionam a reedição da chapa diminuam às vésperas da convenção de junho, responsável por referendar ou não a aliança. Como exemplo, ele lembrou que Minas Gerais é o Estado com o maior número de convencionais, 41, todos signatários do apoio declarado hoje a Temer.

Temer recebeu também o aval de 15 convencionais paulistas. "Em face desse pontapé inicial para a convenção espero que nós vamos ter esse apoio em todos os Estados brasileiros", declarou Temer. "E veja que Minas Gerais, um Estado aparentemente com conflito, trouxe-me por completo o número de assinaturas", concluiu.

Eleições 2014